quinta-feira, 18 de outubro de 2018

CURSO SOBRE EMPREGO DA BICICLETA


O curso é dirigido a Ciclistas iniciantes e pessoas interessadas em aprender mais sobre o uso e inserção da bicicleta no seu dia-a-dia. Os encontros semanais abordarão diversos aspectos (pessoais, sociais e ambientais) do uso da bicicleta no cotidiano ou como estilo de vida. Acontecerá durante o mês de novembro e os encontros serão conduzidos de modo teórico e prático em que os alunos receberão resumos das aulas em formato PDF ao final de cada encontro.

Ministrante: Leandro Karam (Pedal Curticeira)

Público-alvo: Ciclistas iniciantes e pessoas interessadas em aprender mais sobre o uso e inserção da bicicleta no dia-a-dia.

1. Conteúdo:

Além de Mecânica e Manutenção, os Temas abordados serão os seguintes:

- Uso da bicicleta como Mobilidade Urbana

- Uso da bicicleta como esporte

- Uso de APP’s para ciclistas

- Uso da Bicicleta e o Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

- Uso da bicicleta como lazer, recreação e promotor de ações sociais

- Uso da bicicleta como prática de saúde integral

- Uso da bicicleta no processo de cidadania, sociedade e ambiente

- Uso da bicicleta como prática de educação, empreendedorismo e indutor de desenvolvimento regional

2. Carga Horária:

- Total de 15 horas

- 5 encontros semanais de 3 horas, cada.

3. Horários e Turnos disponíveis:

- Manhã, Tarde e noite:

- Mínimo de 6 e máximo de 10 pessoas por turma)

4. Cronograma dos encontros:

O cronograma dos encontros será o seguinte:

- 1ª hora – Assunto I

- 2ª hora – Assunto II

- 3ª hora – Mecânica & Manutenção Básica

5. Valor e Pagamento:

Investimento de R$ 120,00 por pessoa, a vista ou em 2 x R$60,00

- 1º Pagamento – na matrícula, entre os dias 15 e 30 de outubro;

- 2º Pagamento – até dia 15 de novembro

6. Como fazer minha inscrição?

1º – Preencha o formulário ONLINE AQUI 👉 http://twixar.me/NYh3

2º – Efetue o pagamento de matrícula de forma:

- Presencial: na JL CASARIN (Av. Bento Gonçalves, esquina Deodoro)

- ONLINE: (com acréscimo de R$5,00) nos links:

Valor integral (R$120 + R$5) – Link https://pag.ae/7UeRYihM6

1º Pagamento (R$60 + R$5) – Link https://pag.ae/7UeRYGier

7. Maiores informações:

- Telefone / Whatsapp – (53) 98138 8033

- contato@serradostapes.com.br

Siga nossa página @Viaecologicaserradostapes

Siga no instagram https://www.instagram.com/serradostapes 

quarta-feira, 4 de abril de 2018

DESCANSEM EM PAZ - Cemitérios de Bicicletas


Com bikes não poderia ser diferente.
Adotada em algumas cidades como uma alternativa decisiva para enfrentar os graves problemas de mobilidade e poluição provocadas pelo crescimento da frota de automóveis, a escala em grandes proporções de bicicletas acaba trazendo algumas implicações recentes.
É o fenômeno dos cemitérios de bicicletas particularmente presente na China e na Holanda.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

DEVEM ACHAR QUE TEMOS QUE NOS DAR POR FELIZES

Fotos Cecilia Boanova
.
A ciclovia da avenida Duque de Caxias, concluída recentemente, dá uma nova condição, segura, para os ciclistas transitarem.
O aproveitamento do canteiro central torna circular de bicicleta por ali um exercício atrativo.
O que chama a atenção é o fato de um obra tão simples, de custo baixo, levar décadas para ser executada e, ainda assim, apenas porque foi incluída nas obras complementares do projeto de recapeamento da avenida.
Talvez por isto, por ser um apêndice de uma obra maior, nos deparamos com uma concretagem que já está rachando e um fim da pista absurdo.

P.R.Baptista

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

VEREADOR MARCUS CUNHA, CICLISTA POR CONVICÇÃO


Conheço o vereador Marcus Cunha desde as primeiras Bicicletadas organizadas pelo Movimento de Usuários de Bicicleta de Pelotas e pelo PINHA LIVRE. Da época, portanto, em que o único espaço existente na cidade reservado aos ciclistas era uma acanhada ciclofaixa no trecho entre o posto Boca do Lobo, no início da Domingos de Almeida, até a avenida Juscelino Kubitschek, ciclofaixa que vivia ocupada por carros estacionados. Na foto, de 2013, o registro de sua presença.
Bicicletada em 2013
Seu interesse por ciclismo, portanto, tem raízes e é bem diferenciado do oportunismo de inúmeros políticos que incluem em suas campanhas fotos montados numa bicicleta.
Muito embora se tenha evoluído significativamente quanto à ampliação do espaço para o ciclismo em Pelotas,  não estamos nem na metade do caminho.
Mas, pelo menos, saber que se tem aliados fiéis como o vereador já é animador.

P.R.Baptista